Francisco Lufinha convida Bernardo Queiroz
4ªF, dia 9 de novembro, às 15h00, com repetição às 22h00 | Na TSF
Francisco Lufinha
Com 15 dias de vida, entrou pela primeira vez num barco, levado pelos pais. Aos 11 anos inicia a competição em vela ligeira, em 2002 aprende a fazer Kitesurf, sagrando-se campeão nacional em 2005, e ocupando o TOP10 em algumas provas do circuito mundial. Em 2015, com 32 anos, fez a travessia Lisboa-Madeira (874 Km), em 48 horas consecutivas em cima da prancha, sendo o detentor do recorde mundial pela “Maior Viagem de Kitesurf sem paragens”.
Formado em Engenharia e Gestão Industrial, pelo IST, já trabalhou em consultoria, marketing estratégico e na gestão de projectos ligados à náutica. Actualmente, partilha a sua história e experiência em palestras, e tem em vista projectos em torno dos Açores.
Bernardo Queiroz
Nasceu na Suécia, em 1974, e é fascinado pelo mar desde tenra idade. O seu sonho era ser biólogo e mergulhador mas, impedido de mergulhar por uma otite crónica, seguiu o caminho da vela. O pai foi velejador de Snipe no Clube de Vela Atlântico e as histórias por ele contadas inspiraram-no nesse percurso: velejador, atleta, instrutor de vela e empresário.
Volta mais tarde à caça submarina e ao mergulho, é praticante de pesca e vê o mar como uma forma de estar na vida, onde envolve amigos e família.
A nível profissional, está a desenvolver a escola de vela Terra Incógnita; o ensino de vela no geral - lúdica e familiar - e numa vertente solidária.